terça-feira, 3 de julho de 2012

Yes, I can!

 [foto retirada daqui]


Hoje senti claramente o tempo a fugir, como foge a areia das nossas mãos quando a tentamos agarrar. Nada que já não tenha experienciado, mas hoje foi diferente...
Amanhã inicio[-me] noutra década de existência e, embora pareça um pormenor quase insignificante, para mim é como se fechasse uma gaveta de memórias... uma gaveta que tem alguns espaços vazios que já não vou a tempo de preencher...

Haverão segundas oportunidades de corrigir os erros que cometemos e só damos conta mais tarde?

Talvez apenas existam na ficção, porque facilmente recuamos no tempo e acrescentamos algum parágrafo numa história reinventada vezes sem conta porque nunca estamos certos que essa história está realmente terminada...
Mas não havendo segundas oportunidades, existirão alternativas. Novas e diferentes oportunidades que espreitam no nosso horizonte e que podem, desta vez, ser agarradas!

Pode parecer exagerado mas é assim que vivo a última página de um capítulo. 
Amanhã, será o primeiro dia do resto da minha vida (perdoem-me a frase feita...). 
Na verdade tenho uma folha em branco, um novo capítulo para começar, onde tudo está em aberto...

3 comentários:

Isa E. disse...

Parabéns, minha querida Açoriana!
Os próximos capítulos ainda precisam ser escritos e as páginas esperam por suas linhas! Sempre existirão possibilidades :)
Um beijo enorme!

S.o.l. disse...

Parece que cheguei em dia de aniversário :)
Sorri, a vida é um livro inacabado, cabe-te a ti uma parte daquilo que queres lá escrever, o resto cabe ao destino ou ao que for... ;)

açoriana disse...

Isa E: obrigada pela mensagem... acho que me faltaram as palavras para iniciar mais um capítulo... mas tenho de regressar mais ativamente a este cantinho :)

S.o.l.: sê bem vinda ao meu espaço e obrigada pela mensagem. Já fui espreitar-te e palpita-me que irei lá muitas vezes :)

beijinhos