sábado, 11 de agosto de 2012

"Já se passaram alguns anos..."

É impossível ficar-se indiferente e não abrandar o passo para guardar na memória a imagem de um casal sénior a passear de mão dada. Mesmo sem conhecer a sua história, os seus rostos luminosos (de quem está de bem com a vida e com as limitações que ela lhes trouxe), pelo diálogo que mantém (é verdade, não deu para não ouvir!) e pela cumplicidade de um caminhar lado a lado, de mãos dadas e sem pressas, torna-se fácil perceber que é reinventando o sentimento que os uniu nesta caminhada que se atinge esta serenidade...


 Olha lá, Já se passaram alguns anos
Nem sequer vinhas nos meus planos, Saíste-me a sorte grande!

E eu cá vou, usando os louros deste achado
Contigo de braço dado, para todo o lado.

Eu vou até morrer, Ser teu se me quiseres!

Agarrado a ti, vou sem hesitar
E se o chão desabar, que nos leve aos dois
Vou agarrado a ti

Meu amor, na roda da lotaria
Que é coisa escorregadia, Saíste-me a sorte grande!

E eu cá vou, à minha sorte abandonado
Contigo de braço dado, para todo o lado!

Eu vou até morrer, ser teu se me quiseres!

Agarrado a ti, vou sem hesitar
E se o chão desabar, que nos leve aos dois
Vou agarrado a ti

E olha lá, por mais que passem os anos
Por menos que faça planos, Sais-me a sorte grande!
Agarrado a ti, vou sem hesitar
E se o chão desabar, que nos leve aos dois
Vou agarrado a ti

[Sorte Grande, com João Só e Abandonados ft Lúcia Moniz] 
 

2 comentários:

sad eyes disse...

São verdadeiras histórias de amor :)
E a música muito bem escolhida :p

açoriana disse...

Sad Eyes: estas são realmente histórias de amor verdadeiro! E esta música parece-me que está à altura :) Adoro!!

Obrigada pela visita!
um beijinho