quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Pessoas & Gavetas!

 [foto retirada daqui]


Há uns dias atrás, em conversa com uma amiga, que está a passar um momento complicado em termos profissionais, ela dizia-me que neste pais as pessoas parecem estar em gavetas. Obviamente ela referia-se a currículos, candidaturas espontâneas que infelizmente se acumulam em muitas gavetas de empresas que, muitas das vezes, não têm capacidade para contratar mais ninguém. 

As gavetas servem para guardar objetos. Mas também pessoas, afinal de contas basta olhar para as redes sociais, as agendas de contactos dos telemóveis ou do e-mail para perceber que as guardamos em categorias (dos amigos, colegas de trabalho, família, antigos alunos da mesma faculdade, das caminhadas, da formação e do curso de pintura ou fotografia...).

Mas esta ligação entre as pessoas e as gavetas não se resume a isso.Será que as nossas gavetas refletem a nossa forma de lidar e nos relacionarmos com as pessoas? Afinal de contas todos nós temos gavetas [mais ou menos] organizadas, confusas, cuidadas...E relações também :)

Quem não tem uma gaveta para guardar coisas especiais, muitas delas aparentemente insignificantes mas que não fazem delas menos especiais. Há, igualmente, pessoas assim especiais que ocupam um espaço singular nas nossas vidas.

E não faltará a ninguém, presumo eu, uma gaveta com os produtos para fazer face a alguma emergência. Também as há, pessoas a quem recorremos naqueles momentos em que temos dúvidas, inseguranças, tristezas e feridas por tratar...

Numa perspetiva diferente, na gíria, gaveta pode ser sinónimo de prisão. E todos nós temos gavetas cheias de recordações, boas ou más (não importa!) que revisitamos sempre que as saudades se abeiram. Mas, por outro lado, também temos gavetas vazias que não sabemos o que/quem lá meter dentro... 

2 comentários:

Isa E. disse...

Minha querida,
Que texto interessante.
Nunca havia pensado dessa maneira. Gavetas...
Como será que as minhas estão sendo organizadas?
Material para refletir o dia todo.

Beijinhos e ótimo fim de semana!

açoriana disse...

Pois é amiga Isa E.
Quando juntei as duas palavras estive uns dias a pensar sobre o assunto antes de o partilhar aqui.

Um excelente fim de semana para ti e obrigada pelo comentário :)

beijinhos