quarta-feira, 14 de março de 2012

Problema(s)

 [foto retirada daqui]

O modo como encaramos os problemas do dia-a-dia diz muito de nós. 

Comummente diz-se que o otimista encara-o com um sorriso no rosto que expressa um "Vamos lá a isso!" enquanto o pessimista  não pára de se perguntar "como hei-de dar a volta a isto?".
 Por vezes os sintomas ainda são mais alarmantes: começa a sentir dores de cabeça, calafrios, tosse... enfim, pensarão vocês que estarei a exagerar (Vá... talvez um bocadinho, mas conheço pessoas que enquanto não resolver qualquer situação passam um mau bocado!).

O que é certo é que não adianta contornar, pular ou fazer com que o problema, em mãos, rebole rua abaixo. Acabaremos (sempre) apenas a ganhar algum tempo. Ganhamos ou acaberemos mesmo por perdê-lo definitivamente?

Mais vale encarar esse problema e tentar encontrar uma solução (mais ou menos criativa) para que ele possa desvanecer. 

Bastará uma mudança de atitude, a mudança da perspetiva através da qual vemos o problema.Falar é bem mais fácil mas porquen não tentar encarar um problema como os matemáticos o encaram: como uma questão que se coloca em busca de uma solução...

... não custa tentar!
 

1 comentário:

Isa E. disse...

Seria muito bom se conseguíssemos encarar os problemas dessa forma. Acredito que nossos fracassos passariam a ser apenas um resultado errado, que poderia ser revisto e refeito quantas vezes necessário...
Acho que vale a pena tentar essa mudança de perspectiva. :)
Um beijinho!